FestA! Ambrótipos no Sesc Santos

O FestA! Festival de Aprender do Sesc SP foi um evento de oficinas, demonstrações e vivências de artes visuais que ocupou as unidades do estado de SP com programação em três dias: 10, 11, e 12 de março de 2017. Fomos convidados para demonstrar o processo de ambrotipia com a colódio-bike nos dois dias do final de semana no SESC de Santos. O vídeo acima foi um dos produzidos pelo SESC para divulgação do evento.

A temática da unidade era a bicicleta, por isso lá levamos a nossa com o laboratório móvel. Nos posicionamos bem no meio do saguão da convivência para apresentações de cerca de 45 minutos que se repetiam. Foram três por dia. Nelas fazíamos uma foto do grupo de ouvintes em “meia-placa” de vidro. O público pode então ver cada passo do processo, da sensibilização do vidro, passando pela captura e finalizando com a revelação, fixação e envernizamento. Durante a execução eram dadas explicações técnicas e o contexto histórico do surgimento do processo no meio do século 19.

Estas foram as placas feitas durante a demonstração:

Ficamos contentes que todas as demonstrações tinham bastante ouvintes e inclusive que vários viajaram de outras cidades próximas para nos ver! Uma delas me contou que a professora de sua aula recomendou a visita. Agradeço muito à professora! Nós fazemos estas demonstrações justamente para mostrar esse conhecimento que faz parte da fotografia brasileira e é muito difícil de ser visto pessoalmente. Sabemos o quão importante é a pessoa ver o objeto fotográfico e os passos de sua produção para entender a estética deste período da fotografia. Também sempre levantamos questionamentos de como artistas visuais atuais podem utilizar os diversos processos históricos da fotografia para produzir obras contemporâneas.

Desta vez, teve uma novidade a muito tempo planejada: instalamos uma câmera dentro do laboratório. Já tinha essa câmera de vigilância há algum tempo, justamente para isso. Quando eu entrava no lab, que só cabe uma pessoa, o público ficava sem ver o que era feito. A câmera tem uma iluminação infra-vermelha embutida que não vela de jeito nenhum a placa fotossensível. A imagem era então passadas em uma grande TV ao lado do lab onde as pessoas podiam ver a revelação da placa sendo feita.

Veja algumas imagens da atividade:

Gostaria de agradecer o SESC-SP e a programação do Sesc Santos por mais este convite pra apresentar meu trabalho para seu público. Também agradeço a equipe composta pelo Lúcio Libanori e Maurício Sapata que são essenciais para que um processo tão trabalhoso possa ser apresentado desta forma.

Abraços,

Roger Sassaki

Retratos em placa úmida no Festival ZUM 5 anos!

15039584_1465302926830431_2125001684803207591_o

Este sábado (3/12) – na Biblioteca Mario de Andrade em SP – tem comemoração de aniversário da ótima Revista Zum de fotografia!

O evento tem uma programação de palestras e uma oficina. Haverá também a presença da Feira Plana com uma seleção de livros de fotografia.

Nós estaremos lá também!!
A Colódio-bike, o laboratório móvel de fotografia em placa úmida, estará montado e fazendo retratos!
O destaque é que estaremos pela primeira vez oferecendo FERRÓTIPOS, conhecidos também como tintype. Os ferrótipos popularizaram a fotografia no séc. 19.

Condições para retrato:

– Serão retratos individuais. A pessoa tem que conseguir ficar estática por uns 6 segundos.
– O atendimento será por ordem de chegada. O processo demora um pouco.
– Faremos o máximo para entregar os ferrótipos no próprio dia. Os ambrótipos serão entregues durante a semana seguinte (à combinar).
– As imagens nos ferrótipos ficarão invertidas horizontalmente, ou seja, escritos nas roupas ficarão ao contrário.

Custos:

Ferrótipo (positivo em metal; 10x12cm): R$ 200,00
Ambrótipo (positivo em vidro; 10x12cm): R$ 250,00

rhs_20161128_3012

Veja o release do evento

A ZUM, revista de fotografia semestral publicada pelo Instituto Moreira Salles – IMS, comemora 5 anos com dois dias inteiros de atividades abertas ao público em São Paulo, em parceria com a Biblioteca Mário de Andrade e com a Casa Plana.

Nos dias 3 e 4 de dezembro, Paulo Bruscky, Arthur Omar, Ismail Xavier, Dorrit Harazim, Lorna Roth, Ivana Bentes e Mídia Ninja discutem a imagem no mundo contemporâneo. Além das mesas de debate, haverá uma feira de publicações, uma oficina de xerox com o artista Mario Ramiro e um campeonato de fotolivros.

PROGRAMAÇÃO FESTIVAL ZUM 5 ANOS
Curadoria: Thyago Nogueira

3 de dezembro, sábado, das 11h às 21h
Biblioteca Mário de Andrade

SALA ARTES – TERRAÇO
11h-21h
Feira de publicações e ocupação Casa Plana
Expositores: Companhia Rapadura, Editora Criatura, Editora Madalena, Truque, Vibrant, Kaput, 4478zine, Fotos dos outros, Editora Olhavê, Max Pereira, Alexandre Furcolin e Walter Costa

Retratos em ambrótipo, de Roger Sassaki

11h-13h30
Arte/xerox, oficina com Mario Ramiro

AUDITÓRIO
15h
Imagens urgentes: da arte postal ao cinema de streaming
Paulo Bruscky e Mídia Ninja conversam com Ivana Bentes

17h
Questão de pele: tecnologia e racismo na indústria fotográfica
Lorna Roth conversa com Dorrit Harazim

19h
Sem fronteira: uma viagem entre o cinema e a fotografia
Arthur Omar conversa com Ismail Xavier

20h30
Coquetel de encerramento

4 de dezembro, domingo, das 14h às 18h
Casa Plana

14h-18h
Campeonato de fotolivros: venha debater os lançamento brasileiros
Organizado por TRAMA

Entrada gratuita. Eventos sujeitos à lotação.
Mais informações: http://revistazum.com.br/festival-zum-5-anos/programacao/

Biblioteca Mário de Andrade: Rua da Consolação, 94
Casa Plana: Rua Capitão Salomão, 26 – 3º andar

Veja a programação completa no site da Revista ZUM:
http://revistazum.com.br/festival-zum-5-anos/programacao/