Carbon Print – Impressão em carvão

Começamos a investigar a cópia fotográfica por impressão em carvão, conhecido em inglês como carbon print. É uma técnica do século 19 que ficou famosa por não ter os problemas de esmaecimento comuns nos demais processos da época.

Ainda teremos mais publicações explicando melhor o processo e a história da impressão em carvão. Só o que fizemos desta vez foi fazer uma rápida checagem se o processo e os nossos materiais estão adequados. O Fernando Fortes fez um curso desta técnica nos EUA e trouxe a folha preparada com a gelatina e o pigmento. É um material bem raro aqui no Brasil e achamos que teremos bastante alunos interessados em usá-lo em nossas oficinas.

É um processo muito interessante que gera cópias excelentes que até hoje são tidas como “nobres”.

Vou deixar só duas imagens deste primeiro teste. Clique para vê-las maior!

Abraços,

Roger Sassaki

Cópia de impressão em carvão durante a revelação da imagem. O controle das temperaturas é super importante neste processo.
Fernando Fortes segurando uma impressão em carvão.
Fernando Fortes segurando uma impressão em carvão.
Print Friendly, PDF & Email

One thought

  1. Caros Roger e Fernando, que alegria ver o trabalho de vocês, muito bacana as expeirências que estão desenvolvendo. Quero tentar algumas coisas na Paraíba, mas preciso encontrar produtos químicos como Citrato Férrico Amoniacal, Nitrato de prata e Ferrocianeto de Potássio, onde vocês compram estes materiais/

    Tentarei vir um dia para uma das oficinas que estão ministrando, vou me organizar para quem sabe fazer isto ainda neste ano.

    Grande abraço aos dois.

    Paulo

    1. Olá Paulo!

      Estamos comprando os reagentes químicos ou na Casa Americana ou na Casa Bem-te-vi aqui em SP. Precisa dos contatos?

      Vc precisa pesquisar os preços pois cada uma tem coisas que são mais baratas. Na última compra, a Casa Bem-te-vi estava com um preço melhor para o nitrato de prata.

      Em fevereiro 23, vamos fazer uma expo lá no casarão com os calótipos. tente ir!

      Abraços!

      Roger

  2. Caros,

    encontrei de passagem esta menção à técnica do Carbon Print. Por acaso vocês dispõe de alguma informação sobre como conseguir a gelatina com que se prepara a emulsão do papel? Estou pesquisando em círculos! Adoraria conhecer o local, porém vivo na distância. Grande abraço, e parabéns pelo trabalho,

    Camila.

    1. Olá Camila,

      Realmente acho que será dificil achar por aqui. Você pode tentar fazer mas sua casa ai ficar parecendo uma mina de carvão.

      Nós trouxemos dos EUA. Você pode encomendar do site deles, creio que eles entregam no Brasil.: http://www.bostick-sullivan.com

      Se estiver na pressa, talvez possamos lhe vender um pedaço do que temos aqui.

      É uma técnica muito legal! Espero que continue suas investigações.

      Abraços,

      Roger Sassaki

  3. Roger muito legal suas pesquisas todas. Dou aulas na Universidade Federal do RS sobre várias técnicas mas carvão nunca fiz e estou ralando no Colódio que está meio ruim.

    Quem sabe um dia faço um curso contigo.
    abraços, prof. Achutti.

  4. estou iniciando no carbon print usando negativos imprimidos em transparencia A4 filtrados no alien skin exposure 7 do photoshop usando o filtro wet plate, fica bem próximo do wet plate em vidro
    para o carbon print descobri uma formula que usa gelatina e corante preto no suporte e dicromato de potássio pra sensibilizar e funciona bem sendo o custo baratissimopara uma impressão de alta qualidade e ótimo contraste. ta na lista separar em cmyk e imprimir em 4 cores que tambem fica ótimo.

Deixe uma resposta